Skip to Content

Arquitetura árabe

Copyright © 2010 Icarabe.org

Na próxima quinta-feira (26/11) o Curso Panorama da Cultura Árabe II será finalizado com a aula de Andrea Piccini sobre o tema “Arquitetura árabe: traçar, destraçar, retraçar,”. A apresentação ocorre das 19h30 às 22h, na Câmara de Comércio Árabe-Brasileira (Veja serviço abaixo) e ainda é possível fazer a inscrição. Durante sua apresentação, o professor procurará mostrar alguns elementos da arquitetura dos povos árabes em diferentes regiões e ambientes, como deserto, cidades, elementos físicos religiosos, espaço familiar e público de serviços. “Além disso mostrarei como alguns elementos arquitetônicos passaram pelas diversas regiões do mundo árabe, de que forma se transformaram e influenciaram também a parte européia do Mediterrâneo e a Ásia central”, resume. A exposição contará com a exibição de slides e transparências. Piccini acredita que a contribuição dos povos árabes para a arquitetura não é valorizada no mundo ocidental, nem pelo lado histórico, nem pelo atual. “Por uma análise histórica, a arquitetura árabe era e é, como a cultura árabe, vista como exótica. Neste caso, vale fazer a análise crítica do ‘orientalismo’, pois tudo que está fora do mundo ocidental e da Europa, está excluído do mundo civilizado, sendo considerado um fenômeno irrelevante ou recebendo uma valorização limitada por muitos estudiosos e autores”, acredita o professor. Arquiteto, Piccini se formou na Universidade de Florença em 1974. Foi na faculdade que desenvolveu seus primeiros estudos sobre a arquitetura árabe, realizando diversos trabalhos de campo na Síria. Entre 1975 e 1980, viveu na Argélia, trabalhando com a cooperação italiana na ajuda de reconstrução do país após a independência. No Brasil, o autor fez Mestrado (1991) e Doutorado (1997) na área de engenharia, na Universidade de São Paulo, tendo também lecionado na instituição. Hoje, trabalha na UNISOL – Central de Cooperativas e Empreendimentos Solidários –, na área de Relações Internacionais. Abaixo, o professor disponibilizou a bibliografia que embasará a sua aula. O Curso O curso teve início no dia 15 de outubro e segue até 26 de novembro. As inscrições para o programa completo foram finalizadas em 13 de outubro, mas foi possível assistir aulas avulsas. As apresentações ocorreram às quintas-feiras, das 19h30 às 22h, no Espaço Câmara Árabe (Câmara de Comércio Árabe-Brasileira - Av. Paulista, 326 - 11º andar, São Paulo). Cada uma das sete aulas teve um tema específico e foi ministrada por um professor diferente, sendo que todos eles são sócios do Instituto da Cultura Árabe ou colaboradores desde a sua fundação. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

BALDUCCI PEGOLOTTI, Francesco. La pratica di mercatura. NewYork, Ed. A Evans, 1970. BALTRUSAITIS, Jurgis. Il Medioevo fantastico. Antighità e esotismi nell’arte gotica. Milano, Ed. Adelphi, 2000. BARRUCAND, M. e Bednorz, A. L´architecture maure en Andalousie. Cologne, Ed. Taschen, 1992. BENEVOLO, Leonardo. Corso di disenho 2º, L´antichitá classica. Roma-Bari, Ed. Laterza, 1974. ___. História da Cidade. Roma-Bari, Ed. Laterza, 1983. BRAUDEL, Fernand. Os homens e a herança no Mediterrâneo. São Paulo, Ed. Martins Fontes, 1988. ___. Écrits sur l’histoire. Paris, Ed. Flamarion, 1969. ___. El Mediterráneo. Madrid, Ed. Espasa Calpe, 1987. ___. Civiltà e Imperi del Mediterraneo nall’ età di Filippo II. Vol. 1-2. 5a ed. Torino, Ed. Einaudi, 2001. CASABELLA – Rivista Internazionale de Architetura, n. 509-510, Ano XLIX, Gennaio-Febbraio/1985. CHEDDADI, A. Ibn Khaldun: le voyage d’occidente et d’orient. (trad.franc.) Paris, 1980. COLES, Paul. Os turcos na Europa. Lisboa, Ed.Verbo, s/d. COMISSÃO NACIONAL, para as Comemorações dos Descobrimentos Portugues. Memórias Árabo - Islâmicas em Portugal. Lisboa, 1999. CUNEO, Paolo. Architetura Armena. Dal quarto al dicianovesimo secolo. Tomo I e II. Roma, Ed. Fondazione Kulbenkian, CNR.IT e De Luca, 1988. GARDET, Louis. La cité musulmane: vie sociale et politique. Paris, Ed. Vrin. 1969. GIEDION, Sigfrid. Space, Time and Architecture. Cambridge, Ed. Harvard University Press, 1962. ___. Brevario di architettura. Ed Garzanti, Milano, 1961. GODFREY, Goodowin. Ottoman Turkey, islamic architecture. London, Ed. Scorpion, 1977. GRABAR, Oleg (org.). The art and arquitecture of Islam. Yale, Ed. Yale Univeristy Press, 1994. HILÁRIO, Franco Júnior. A Idade Média. O nascimento do Ocidente. São Paulo, Ed. Brasiliense S.A. , 1986. HITTI, Philip, K. Storia degli arabi. 1a ed., Firenze, Ed. La Nuova Italia, 1966. HOAG, D. John. Western Islamic Architecture. New York, Ed. Braziller, 1965. HOURANI, Albert. Uma história dos povos árabes. São Paulo, Ed. Companhia das Letras, 1994. KROYANKER, David. Gerusalemme.,Verona, Ed. Arsenale 1994. LAMERLE, Paul. História de Bisâncio. São Paulo, Ed. Martins Fontes, 1991. LEWIS, Bernard. Les arabes dans l’histoire. Paris, Ed. Flammarion, 1993. HATTSTEIN, M. e DELIUS Peter. ISLAM, Aret e Arquiteturta. Milano, Ed. Konemann, 2001. MINISTERY OF HOUSING OF IRAN. New Life-Old Structure. Terhan, Urban Revitalization Office, 1998. MOZZATI, Luca. ISLAM. Milano, Ed.ArtBookElecta, 2005. PICCINI, Andrea. “Argélia: colonização e independência. O papel da Arquitetura e do Urbanismo nos países árabes”, in Revista USP, n. 10. São Paulo, CCS-USP, junho-agosto/1991, pp. 179-88. ___. “Villages Socialistes na Argélia, um modelo de planificação territorial e urbano”, in Revista Projeto, n. 73, março/1985, pp. 95-101. –––. “Ghardaiá, uma cidade entre nomadismo e sedentarismo”, in Revista Projeto, n. 90, agosto/1986, pp. 75-7. ___. O processo de urbanização da cidade de Istanbul. CD-ROM Multimídia São Paulo, 2000. RAYMOND, André. Le Caire. Lille, Ed. Arthéme Fayard, 1993. ROBINSON, Francis. O mundo islâmico. Col. Grandes impérios e civilizações Madrid, Ed. Del Prado, 1996. ROSS, E. Dunn. Gli straordinari viaggi di Ibn Battuta (Abu Abdallah ibn Battuta). 1a ed., Roma, Garzanti Editori, 1993. SAID, Edward W. Orientalismo: o Oriente como invenção do ocidente. São Paulo, Ed. Companhia das Letras, 1990. STIERLIN, Henri. L’Architecture de l’Islam. Paris, Ed. Taschen, 1993. TALBOT RICE, Tamara. The Seljuks in Asia Minor, in Ancient People and Places of Glyn Daniel G. E. London, Ed. Thames and Hudson, 1961 (xerografado). WIET, Gaston & SHOUCAIR, Albert. Les Mosquées du Caire. Paris, Ed. Hachette, 1966.

Compartilhe e divulgue!
Ana Maria Barbour
Ana Maria Barbour
Ana Maria Barbour é jornalista e editora do ICArabe.

Comentários

Comentar