Cátedra Edward Said promove palestra sobre o poeta Jamil Almansur Haddad

qui, 23/08/2018 - 21:34
Publicado em:

Como parte de ciclo "Desenraizamento e cultura: poéticas da territorialidade", a pesquisadora Christina Stephano de Queiroz será a convidada da Cátedra Edward Said na próxima segunda, dia 27. A palestrante vai aprofundar o retrato do importante poeta, tradutor e crítico Jamil Almansur Haddad (1914-1988), que, ainda que nascido no Brasil, foi considerado na historiografia literária brasileira um autor “fora de lugar”. A Cátedra é uma parceria entre a Universidade Federal de são Paulo (Unifesp) e o ICArabe.

O encontro é uma oportunidade de mergulhar na formação do autor de obras importantes como "Orações Negras" e "Raízes de Castro Alves". A sua experiência é a de alguém que jamais experimentou a imigração, mesmo que tenha conhecido o Líbano apenas aos 40 anos. Isso porque ele sempre foi visto como “oriental” pelo meio intelectual e construiu sua persona literária apoiado na imagem de um estrangeiro simbólico. É desse modo que sua trajetória poética é marcada por um movimento de distanciamento de contextos nacionais, mesmo quando evoca a imagem do islã. 

Serviço:

Cátedra Edward Saïd – Ciclo Desenraizamento e cultura: poéticas da territorialidade
Palestra: Jamil Almansur Haddad: o Ocidente oriental
Data e horário: 27 de agosto (segunda-feira), às 17h
Local: Anfiteatro Leitão da Cunha (Rua Botucatu, 740 – Vila Clementino, Sâo Paulo/SP)