Museu da Imigração lança programa de residência artística

seg, 14/01/2019 - 22:51
Publicado em:

O Museu da Imigração (MI) do Estado de São Paulo (foto) lançou a primeira edição de seu Programa de Residência Artística. O projeto é exclusivo para imigrantes. Podem se candidatar artistas com mais de 18 anos iniciantes ou quem se interessar e já tiver desenvolvido projetos similares às linguagens definidas no edital.

O tema da edição de estreia de é “Acolhida”. As inscrições para a seleção do programa são individuais, gratuitas e estão abertas até 22 de fevereiro. A bolsa para cada artista selecionado será de R$ 4.500,00 e a duração do programa é de até três meses, com início em maio de 2019.

O propósito do projeto é estimular a arte e sensibilizar o público sobre questões ligadas à migração, como identidade, experiência, representação e direitos humanos. Serão selecionados até dois artistas para imersão nas atividades e rotinas da instituição. Os projetos devem ser de artes visuais, incluindo linguagens como pintura, escultura, desenho, gravura, cerâmica, produção digital e instalação.

Com o tema “Acolhida”, o museu informou que pretende dar luz às experiências vividas por migrantes internacionais no momento de sua chegada, aproximando o público dos sentimentos e das expectativas de quem deixa seu local de origem em busca de novas oportunidades.

O trabalho será realizado em ateliê aberto, montado nas dependências do Museu da Imigração. A ideia é que os visitantes possam acompanhar o processo de produção e execução. O produto final do programa ficará exposto durante um mês no próprio museu.

Inscrição

O museu disponibilizou em seu site edital que explica o processo seletivo para o programa e o formulário de inscrição, que deverá ser enviado por e-mail.

Mais informações: museudaimigracao@museudaimigracao.org.br

Fonte: ANBA